5 razões para sair da zona de conforto agora mesmo

Sabe aquela rotina que, no fundo, sente que está sendo prejudicial, mas que não consegue mudá-la? Porém, na mesma medida a considera aceitável, como se tudo estivesse normal e se tratasse de algo “comum”.

Se essa situação está fazendo parte da sua rotina, a verdade é que você precisa urgentemente de soluções para sair da zona de conforto. Trata-se do ato de se manter preso a algo, não aceitando que novidades apareçam.

Podemos até fazer a analogia com uma bolha, na qual nos protegemos para garantir que tudo seja igual todos os dias. E, mesmo que aqueles comportamentos não estejam sendo agradáveis, ainda assim escolhemos aceitá-los, principalmente, pelo medo da mudança. E, no final das contas, esse processo se transforma em um hábito.

Porém, ao agirmos desta maneira, os únicos a quem enganamos costuma ser nós mesmos, afinal, acreditamos levar uma vida prazerosa e agradável, mas a nossa consciência sabe ao certo o contrário.

Quer descobrir as principais razões para sair da zona de conforto? Então continue lendo este post e saiba mais sobre o assunto:

A zona de conforto e o papel dos grandes líderes

A verdade é que, na zona de conforto, os sentimentos de emoção, de aventura e de crescimento dão lugar para que a pessoa se sinta oprimida, frustrada e entediada.

E é por isso que não se trata de um hábito comum entre os líderes. Afinal, eles devem estar motivados diariamente, com o desejo e a expectativa de fazerem acontecer.

Os líderes devem ter um percurso em busca de um objetivo principal, no qual existe um foco de onde se quer chegar. Além disso, nesse trajeto, cada passo dado na carreira é considerado um crescimento para o objetivo final.

Trata-se do propósito de lutar, traçar as suas metas, correr atrás dos objetivos. E isso acontece, mesmo que cause medo ou implique a possibilidade de não dar certo.

Há espaço para:

  • tomar decisões importantes;
  • fazer um planejamento;
  • aprender a lidar com as pessoas;
  • e, ainda, ter uma visão clara das suas metas, sem que haja comodismo ou a crença de que viver como está já é suficiente.

Eles querem mais e conseguem “pensar fora da caixa”. Isso significa que desejam alcançar níveis mais altos, tornar-se mais produtivos dentro da sua empresa e, no final, conseguir alcançar os resultados satisfatórios que foram traçados ao longo do tempo.

As atitudes-chave que deverão ser tomadas para sair da zona de conforto

Primeiramente, vale ressaltar que essa liderança não se limita ao universo corporativo, muito menos a questões profissionais. É preciso aprender a ser líder da própria vida, e esse 1º passo é fundamental.

Também é preciso focar nos resultados, isto é, onde você deseja chegar. Você tem um sonho, uma meta, um propósito, um direcionamento? Existe algo na sua vida que você almeja muito conquistar?

Ter isso em mente é uma etapa importante para sair do lugar onde você está. Traçar um novo percurso e mudar o que é comum, mas não tão satisfatório. E, mesmo que isso pareça distante e quase impossível, acredite e busque os meios para tornar as suas ideias em algo concreto.

Por fim, faça um plano de ação. Crie um passo a passo e visualize como será o seu propósito para a realização. Assim, você poderá começar a agir.

Você não deve mais continuar se escondendo atrás dos seus medos nem seguir procrastinando aquilo que de fato te fará feliz. Lembre-se: a vida também é construída a partir dos vários riscos. Então, esse processo também faz parte do percurso.

Não deixe que isso te impeça nem que aprisione os seus maiores objetivos — seja na sua família, na sua carreira, no seu relacionamento amoroso ou em qualquer outro âmbito da sua vida.

Os 5 principais benefícios conquistados ao sair da zona de conforto

1. Descubra as suas habilidades não conhecidas

É quase inacreditável o tanto que passamos a nos conhecer a partir do momento em que nos desprendemos apenas dos nossos hábitos, quando focamos as nossas ações nos objetivos que não acreditávamos que seria possível alcançá-los.

É aí que vemos que são inúmeras as nossas potencialidades e habilidades despertadas por meio dessas mudanças.

2. Desperte o poder da sua autoconfiança

Você vai entender que o único fator necessário é conseguir tomar uma decisão. Quando isso acontece, vai perceber a sua capacidade para fazer bem mais (e, consequentemente, tal processo vai aumentar a sua autoconfiança).

Isso se tornará um ciclo, já que você conseguirá conquistar tudo aquilo que o medo te impedia. Daí em diante, vai começar a agir e a reconhecer o verdadeiro valor depositado em si mesmo.

3. Drible os seus maiores medos

Por ser tão frequente, o medo começa a controlar e a bloquear a sua possibilidade de agir — o que se torna um ciclo vicioso. Mas, depois que você se livrar da zona de conforto e começar a agir em direção aos seus objetivos, o medo vai se dissipar.

Para isso, só é necessário conseguir dar o 1º passo. No mais, o restante ficará bem mais fácil.

4. Aprimore os seus relacionamentos

A relação com o outro se baseia na relação que temos com nós mesmos. Se ela é satisfatória, você, consequentemente, vai conseguir transmitir um bom sentimento para os demais.

O mesmo vale para o contrário: se você não está confortável com o rumo que a sua vida está tomando, dificilmente terá a capacidade de valorizar o lado bom do que os demais têm a te oferecer.

Por isso, os passos anteriores (como eliminar medos, ter mais autoconfiança e se sentir de bem com a vida) te ajudarão a melhorar a sua relação com terceiros. Os conflitos serão substituídos pelo foco em enxergar o lado positivo das pessoas.

5. Valorize a sua vida

A partir do momento em que a vida deixa de ser monótona e repetitiva, ela se passará a ser bem mais prazerosa e interessante, te dando motivação para os objetivos que deseja alcançar.

Você verá como é possível realizar bem mais do que se imagina, e isso, imediatamente, te fará valorizá-la e apreciá-la com intensidade.

Você gostou dessas dicas para sair da zona de conforto? Não perca tempo e entenda por que o autoconhecimento é algo importante para qualquer pessoa!

1 comentário

  • […] Uma das nossas principais características, como seres humanos, é a individualidade. O modo como você fala, se veste e pensa é único. Aproveite para colocar isso para fora. Para ser sociável, você precisa sair mais de casa. Em vez manter a sua personalidade oculta dentro de casa, experimente expô-la fora da sua zona de conforto. […]

  • Deixe seu comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *